Pesquisar este blog

A PARTIR DE AGORA AS NOTÍCIAS ESTÃO AQUI NO SITE DJ AILDO CLIC E SERÁ DIRECIONADO.

A PARTIR DE AGORA AS NOTÍCIAS ESTÃO AQUI NO SITE DJ AILDO CLIC E SERÁ DIRECIONADO.
NOTÍCIAS COM CREDIBILIDADE

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Novo Programa do Leite no RN terá 13 vezes mais fornecedores que em 2015

O Governo do Estado, através da Emater-RN, divulgou na edição desta sexta-feira (29) do Diário Oficial do Estado a relação nominal dos produtores aptos e inaptos para fornecerem leite para o Programa Leite Potiguar (PLP). A relação inclui agricultores familiares e os produtores que não possuem Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP).

A Emater-RN selecionou 2256 fornecedores aptos, sendo 1963 produtores da agricultura familiar (87%) e 293 não pronafianos (12,9%) – os médios e grandes produtores. A região que lidera o número de fornecedores aptos é a de Assu, com 486 produtores, seguido pela região de Currais Novos, com 475 produtores aptos. Ao todo, se inscreveram no processo 2.590 produtores. Até 2015, o PLP reunia apenas 176 fornecedores em todo o estado.
“Com o novo decreto, foi multiplicado por 13 o número de fornecedores, o que contribui para dinamizar a economia local. Com o Programa Leite Potiguar, o Rio Grande do Norte é protagonista na execução de políticas públicas de inclusão econômica da agricultura familiar, uma orientação do governador Robinson Faria”, declarou o diretor geral da Emater-RN, Cesar Oliveira.

Para serem considerados aptos pela Emater-RN, os inscritos precisaram apresentar todos os documentos exigidos no edital, como RG e CPF, e a Proposta de Comercialização do Leite (PCL), DAP válida e dentro do prazo de vigência, no caso dos pronafianos, e ter documento que comprove a vacinação do rebanho. Os técnicos da Emater-RN também visitaram todas as propriedades, constatando no local a produção de leite, o rebanho e se o interessado detinha as condições para fornecer ao PLP.

Os fornecedores da agricultura familiar selecionados ficarão responsáveis pelo fornecimento de até 89.793 litros de leite bovino e 4.725 litros de leite caprino, enquanto os não pronafianos deverão entregar 47.076 litros de leite bovino e 850 litros de leite caprino.
O novo Programa Leite Potiguar (PLP), executado em parceria com a Secretaria Estadual de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), tem o objetivo de fomentar a cadeia produtiva do leite e suprir as carências nutricionais das populações em situação de vulnerabilidade social.

As famílias envolvidas na produção receberão os serviços de Ater para melhorar a qualidade genética e sanitária do rebanho, com o objetivo de aumentar a produção de leite com sustentabilidade ambiental. O PLP também beneficiará diretamente, através da distribuição diária de leite, 80 mil famílias em todo o estado. O programa movimentará na economia local aproximadamente R$ 50 milhões durante o ano, recursos esses que saem do tesouro estadual. Os agricultores que quiserem acessar linhas de crédito para custeio serão mobilizados pelos técnicos da Emater-RN para que encaminhem as propostas aos agentes financeiros.

PRÓXIMAS ETAPAS
Agora, com a seleção dos fornecedores aptos concluída, a Emater-RN providenciará a assinatura dos termos de compromisso de compra e venda nas regiões. A instituição também analisará a logística de entrega do leite, a partir da localização dos produtores e dos tanques de resfriamento, de modo a otimizar o processo de captação do produto pelos laticínios a serem selecionados, e posterior beneficiamento e entrega do leite nos postos de distribuição.

Agora RN

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Translate

VISITAS FEITAS