quinta-feira, 10 de maio de 2012

Predios publicos de Cerro Corá já começaram a serem repintados.

DJ AILDO

Assim como aconteceu com os prefeitos de outras cidades do interior do estado, agora foi a vezes do prefeito de Cerro Corá, remover todas as pinturas nos prédios públicos feitas com as cores partidarias, as pinturas já começaram.

Com base em uma representação do vereador Evilásio Bezerra (PPS), a promotora Mariana Barbalho Tavares instaurou inquérito civil para apurar um possível ato de improbidade administrativa do prefeito Raimundo Marcelino Borges, o “Novinho” por causa da pintura de prédios públicos em Cerro Corá, com o azul, uma das cores do seu partido, o Democratas, o que também “caracteriza promoção pessoal”. A portaria de nº 06/2012 foi publicada na edição desta sexta-feira, dia 16, do “Diário Oficial do Estado.

Além da instauração de inquérito para investigar atos de promoção pessoal na administração pública municipal, a promotora de Justiça da Comarca de Currais Novos, Mariana Marinho Barbalho Tavares, recomendou ao prefeito Raimundo Marcelino Borges, o “Novinho”, que removam as pinturas dos prédios públicos na cor azul e verde, as mesmas constantes no símbolo de representação do seu partido, uma árvore nas cores azul e verde.

A recomendação da promotora diz que as pinturas feitas desde o fim do ano passado, estão na cor que identifica o partido político (Democratas – DEM), ao qual encontra-se filiado o atual prefeito municipal de Cerro Corá.

As pintura de toda a fachada do Posto de Saúde da Comunidade Ipueiras, no Pórtico de entrada da cidade de Cerro Corá/RN, no Posto de Saúde Mariano Coelho, no Hospital Maternidade Clotilde Santina, no Estádio de Futebol Othon Osório, nas Secretárias Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo,Secretaria de Educação, na Escola Municipal Sebastiana Alves Nôga, na Secretária Municipal de Administração e Gabinete, na Unidade Básica de Saúde José Albino de Assis” (Povoado Albino) e em outros prédios e monumentos públicos. já começaram a serem repintadas.

A promotora Mariana Tavares recomendou ao prefeito a aplicação de cores nos prédios públicos que não proporcionem identificação com a sua pessoa, com o partido a que se encontra filiado ou com a coligação de que este faz parte.

DJ Aildo

Nenhum comentário:

Translate