quarta-feira, 23 de abril de 2014

Vir em Cerro Corá e não conhecer o Skinão Bar, é mesmo que ir a Roma e não ver o Papa.

Foto de Leonardo Lira
Não tem pousada nem hotel que supere os momentos do Skinão Bar em Cerro Corá, aqui todas as notícias, comentários e fofocas são debatidas pelos melhores comentaristas em grande estilo, e as notícias são atualizadas diariamente, politica, futebol,novelas,chifradas e outros assuntos fazem parte, tudo é claro com respeito e dignidade dos frequentadores.

Um lugar diferente e que é frequentado por todos ricos e pobres, pela sociedade Cerrocorense, vir em Cerro Corá e não conhecer o Skinão Bar, é mesmo que ir a Roma e não ver o Papa.

Depois do feriadão Pereirão parecia camelodromo


Policiais Militares, Agentes Penitenciários e Direção da unidade, realizaram uma revista geral no inicio da tarde desta terça-feira (22) nos pavilhões da Penitenciária Estadual do Seridó (Pereirão), na zona norte da cidade de Caicó.

Durante a revista surpresa os Policiais e Agentes encontraram um vasto material ilícito como armas artesanais, ferros cortantes e a impressionante marca de aproximadamente 20 celulares, carregadores, chips e baterias. 

Os Policiais e Agentes que trabalham na unidade vinham observando a grande quantidade de celulares existentes no local e a direção resolveu fazer uma revista surpresa em um horário que não é de costume e com isso acabou tendo um grande êxito.

Programa Minha Casa Minha Vida e as reformas ainda não chegaram nos assentamentos do RN


Os benefícios proporcionados pelo Programa Minha Casa, Minha Vida aos brasileiros foi ampliado  às famílias assentadas da reforma agrária por meio da  Portaria Interministerial Nº 78, publicada em parceria pelos ministérios do Desenvolvimento Agrário (MDA), das Cidades e do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) . O documento inclui as famílias beneficiárias da reforma agrária no Programa Nacional de Habitação Rural, integrante do Minha Casa, Minha Vida. Em 2013, estava previsto serem atendidas 60 mil famílias entre construção e reforma de casas. 

Em muitos estados do Brasil nada disso foi consolidado até hoje, vamos completar um ano e nada, documentação foram providenciadas, mas emperram na burocracia brasileira, nem mesmo no período eleitoral as coisas estão sendo facilitadas.
DJ Aildo.

Em Junho teremos a volta do cantor Cerrocoraense Léo Baiano num grande encontro em Cerro Corá/RN

O cantor Cerrocoraense Léo Baiano que está residindo em Recife/PE, estará de volta a sua terra no próximo dia 7 de junho para fazer um show de lançamento do seu novo CD, vol.5, 
O evento acontecerá na J.A Casa Show no assentamento Santa Clara ll. 
O show contará com cinco atrações além de Léo Baiano, os pernambucanos do estilo forró brega: Márcia Ferraz, França Lima, Eliane Silva e Luiz Quirino o sanfoneiro dedo de ouro de Pernambuco abrilhantará o evento.

Léo Baiano fez sucesso em Cerro Corá com a musica a Rola e Periquito entre outros que tocaram na rádio Liberdade FM, no clube do Brega na época comandado pelo DJ Aildo, outro que despontou juntamente com Léo Baiano foi o cantor Luiz Carlos que na época tocava teclado e que também é filho de Cerro Corá/RN.

terça-feira, 22 de abril de 2014

Vereador Everaldo Araújo continua sua luta pela estrada da produção


Neste feriadão Everaldo Araujo acompanhou a comitiva de vereadores que vieram da região Potengi ao lado do deputado estadual Fernando Mineiro(PT) que fez questão de refazer todo o percurso da estrada da produção, ele saiu de São Tomé até a cidade de Tenente Laurentino Cruz.
Em Cerro Corá ele se encontrou com Everaldo e João Alexandre e seguiram até Lagoa Nova onde foram recebidos pelo prefeito João Maria, pelo secretário de Turismo Gilberto e vereadores, lembramos que também acompanhavam o deputado mineiro vereadores de várias cidades do Potengi.
"A estrada da produção passou a ser uma luta para mim, afirmou o vereador de Cerro Corá Everaldo Araújo", e qualquer deputado que venha juntar-se a nossa luta será bem vindo e recebido, acompanhar mineiro foi muito interessante, estive com ele na audiência publica na assembleia e agora fizemos essa visita a estrada.
Fotos Assessoria

Advogado Eliedson William atendendo em Lagoa Nova - RN


Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN. Inscrito na OAB/RN sob o nº 5627.Atua no Rio Grande do Norte e outros Estados do País. Trabalha principalmente nas áreas do Direito Civil, Previdenciário, Trabalhista, Eleitoral, Administrativo, Empresarial, Comercial, Ambiental, Militar, Consumidor, Familia, Sindicalismo e Cooperativismo.
Agora atendendo no escritório em Lagoa Nova no centro da cidade, maiores informações pelos telefones= 99084763 ou 87532928

As conversas andam a passos lentos sobre quem apoiará quem em Cerro Corá-RN

Muito pouco ouvimos falar sobre quem vai apoiar quem nas eleições deste ano, até mesmo a copa está pouco comentada na cidade de Cerro Corá.
Nem a situação e nem a oposição definiram quem serão os candidatos que vão circular em Cerro Corá nos bolsos, ou seja em forma de santinhos, aqueles que aparecem a foto e o numero do candidato.
Muitas conversas com assessores, mas nem todos eles tem poder de fecharem os apoios, para os lideres ainda é cedo, até as convenções serão definidos os verdadeiros nomes.

PT, PC do B e Solidariedade podem chegar a um acordo

Outra aliança que está perto de ser consolidada para proporcional é a do PT com o PC do B e o Solidariedade, os três partidos têm, cada um, um representante na Assembleia Legislativa.
A coligação, de acordo com o deputado Kelps Lima (SDD), garantiria a reeleição dos três deputados – Fernando Mineiro (PT) e Fábio Dantas (PC do B). O parlamentar do Solidariedade ainda afirmou que para a confirmação da aliança resta apenas o PT dar um sinal de que vai participar.

Três projetos de Walter são distribuídos na CCJ

A Comissão de Cidadania, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa se reuniu na manhã desta terça-feira (22) e já colocou na pauta de apreciação três projetos de lei de autoria do deputado estadual Walter Alves, líder do PMDB na Casa.
O deputado Walter se mostrou feliz com a distribuição de mais três matérias e acredita que todas serão aprovadas tanto na CCJ como nas demais comissões de forma rápida. “São matérias importantes para o desenvolvimento do Estado, para melhorias na saúde e na área de defesa do consumidor. Acreditamos que os projetos serão aprovados tanto nas comissões, quanto em plenário, sem grandes problemas. Só quem ganha com esses projetos é o povo do Rio Grande do Norte. Temos trabalhão forte nesse sentido”, disse Walter.
O primeiro dos projetos distribuídos foi o que obriga as farmácias e drogarias que atendem pelo programa federal Aqui tem Farmácia Popular que listem os medicamentos e insumos que possuem descontos de forma visível para os clientes. O projeto para a área da saúde e da defesa do consumidor está sob a análise do deputado Agnelo Alves.
O segundo projeto, que está aguardando o parecer do deputado Hermano Morais, trata sobre a isenção da cobrança do ICMS nas contas de energia elétrica utilizada nas propriedades rurais de produtores durante os períodos de estiagem. Matérias consideradas estratégicas para o trabalhador do campo em períodos de dificuldade.
O último projeto distribuído na reunião de hoje foi o que trata da obrigatoriedade dos planos de saúde apresentarem por escrito as negativas de procedimentos, exames e atendimentos como forma de dar ao consumidor mais uma garantia documental em possíveis processos judiciais.

Senado aprova Marco Civil da Internet e texto segue para sanção presidencial

O plenário do Senado aprovou hoje (22), por votação simbólica, o Projeto de Lei do Marco Civil da Internet. Após momentos de embate entre governistas e oposicionistas, a redação final da matéria foi aprovada sem alterações pela unanimidade dos senadores presentes. O texto segue agora para sanção da presidenta Dilma Rousseff.
Um dos principais pontos do projeto a proteção da  neutralidade de rede está no Artigo 9º, que garante tratamento isonômico para qualquer pacote de dados, sem que o acesso ao conteúdo dependa do valor pago. A regra determina tratamento igual para todos os conteúdos que trafegam na internet. Assim, os provedores ficam proibidos de discriminar usuários conforme os serviços ou conteúdos que eles acessam –- cobrando mais, por exemplo, de quem acessa vídeos ou aplicações de compartilhamento de arquivos.

Outro ponto da proposta garante o direito dos usuários à privacidade , especialmente à inviolabilidade e ao sigilo das comunicações pela internet. O texto determina que as empresas desenvolvam mecanismos para garantir, por exemplo, que os e-mails só serão lidos pelos emissores e pelos destinatários da mensagem, nos moldes do que já é previsto para as tradicionais cartas de papel.
O projeto também assegura proteção a dados pessoais e registros de conexão e coloca na ilegalidade a cooperação das empresas de internet com órgãos de informação estrangeiros. O objetivo é evitar casos de espionagem como o escândalo que envolveu a NSA, agência norte-americana de informações.

O Artigo 19, que limita à Justiça a decisão sobre a retirada de conteúdos, também está entre os principais pontos do projeto. Atualmente, vários provedores tiram do ar textos, imagens e vídeos de páginas que hospedam, a partir de simples notificações.
Os senadores oposicionistas reclamaram da votação antecipada da matéria. Eles queriam discutir mais o assunto e chegaram a apresentar emendas que foram rejeitadas em plenário. No fim, entretanto, votaram a favor do texto final e comemoraram a aprovação do novo marco regulatório. “Infelizmente, o rolo compressor [do governo] prevaleceu. Mas o novo marco da internet é, sem dúvida, um avanço porque mantém a neutralidade da rede, que é uma vitória de toda a sociedade”, disse o senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG).
O líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM), disse que o Brasil dará exemplo ao mundo no que se refere à regulação das relações na internet e ressaltou que a maioria dos países ainda não têm leis tão “maduras” quanto a que foi aprovada no Congresso brasileiro. Ele confirmou que a presidenta Dilma Rousseff deverá apresentar a nova legislação no evento internacional sobre o assunto, NetMundial, que começa amanhã (23), em São Paulo. “O encontro internacional será premiado com a grande legislação que o Brasil oferecerá para o mundo amanhã”, disse o senador.
Braga admitiu que o texto ainda deverá passar por ajustes, que serão tratados em uma medida provisória no futuro. Ela deverá abordar os artigos 10º e 13, especialmente no que se refere a quais autoridades terão permissão de acesso a dados pessoais dos usuários de internet.
Mariana Jungmann, Agência Brasil

Translate